Cientistas Ucranianos

logo ucrania

 

A Fundação Araucária  está produzindo um documentário sobre o Programa de Acolhida aos Cientistas Ucranianos, desenvolvido em parceria com a UEPG e com o apoio da Secretaria da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior. Além do documentário, todo o processo de acolhimento e permanência das famílias ucranianas, recepcionadas pelo Programa, será registrado em texto e foto. Histórias dos professores ucranianos que foram recebidos com bolsas de estudo nas universidades estaduais, federais e na PUCPR serão contadas por meio desses produtos. Abaixo seguem os links das reportagens produzidas. Confira:

*Coordenação da divulgação/comunicação do Programa: Vanessa Rita Barazzetti.

 

29/03/2023 | Seis meses de espera

Cento e noventa e nove. Esses foram os dias em que Yuliia Felenchak passou no Brasil longe do marido. O motivo? A Guerra entre Rússia e Ucrânia. A contagem acabou na manhã de 1 de março de 2023 quando ela reencontrou Andrii Holod, no Aeroporto Internacional de Foz do Iguaçu. Eles, junto com os dois filhos, têm agora um novo lar - o Paraná.

Leia Mais: https://www.fappr.pr.gov.br/Noticia/Seis-meses-de-espera

 

03/29/2023 | Six months of waiting

A hundred ninety-nine. Those were the days that Yuliia Felenchak spent in Brazil away from her husband. The reason? The War between Russia and Ukraine. The count ended on the morning of March 1, 2023, when she rejoined Andrii Holod, at Foz do Iguaçu International Airport. Along with their two children, they now have a new home: Paraná.

Read More: https://www.fappr.pr.gov.br/Noticia/Seis-meses-de-espera

 

12/05/2023 | Guerra e Paz: Família encontra um lar no Paraná após ter casa destruída na Ucrânia

Como é viver dividido? Ao contrário do que a ciência diz sobre coisas físicas, o coração consegue existir em dois lugares ao mesmo tempo. A família Slynko sabe bem o que é fazer essa “conta de dividir”. Em agosto de 2022, no mesmo dia em que descobrem que a casa foi destruída por bombardeios na Ucrânia, Dmytro, Ekatherina, Maria e Vitória encontram um novo lar em Jacarezinho, no Paraná.

Leia Mais: https://www.fappr.pr.gov.br/Noticia/Guerra-e-Paz-Familia-encontra-um-lar-no-Parana-apos-ter-casa-destruida-na-Ucrania

 

05/12/2023 | War and Peace: Family finds home in Paraná after having house destroyed in Ukraine

What is it like to live divided? Contrary to what science says about physical things, the heart can be in two places simultaneously. The Slynko family knows how to do this “dividing calculation”. In August 2022, on the same day they discover that their house has been destroyed by bombings in Ukraine, Dmytro, Ekatherina, Maria and Vitória found a new home in Jacarezinho, Paraná.

Read More: https://www.fappr.pr.gov.br/Noticia/Guerra-e-Paz-Familia-encontra-um-lar-no-Parana-apos-ter-casa-destruida-na-Ucrania

 

25/05/2023 | Primeira ucraniana bolsista da Fundação Araucária completa um ano de trabalho na UEL

No dicionário de português, a palavra “primeira” significa “a que precede outros em tempo, a que ocupa”. Mariia Boiko entende na prática o que é o substantivo. A  pesquisadora ucraniana foi a primeira bolsista a ser recebida pelo Programa de Acolhida aos Cientistas Ucraniano, promovido pela Fundação Araucária. Nesta quinta-feira (25), ela completa um ano na Universidade de Londrina (UEL).

Leia Mais: https://www.fappr.pr.gov.br/Noticia/Primeira-ucraniana-bolsista-da-Fundacao-Araucaria-completa-um-ano-de-trabalho-na-UEL

 

05/25/2023 | First Ukrainian researcher of Araucaria Foundation completes one year of work at UEL

In the Portuguese dictionary, the word “first” means “the one that precedes others in time, the one that occupies”. Mariia Boiko understands in practice what it means. The Ukrainian researcher is the first scholarship holder of the Welcoming Program for Ukrainian Scientists, promoted by Araucaria Foundation. This Thursday (25), she completes one year at the State University of Londrina (UEL).

Read More: https://www.fappr.pr.gov.br/Noticia/Primeira-ucraniana-bolsista-da-Fundacao-Araucaria-completa-um-ano-de-trabalho-na-UEL

 

16/06/2023 | Depois do início da Guerra : Pesquisadora ucraniana celebra recomeço no Brasil

Eram 5h da manhã quando as sirenes começaram a soar. Uma, duas, três vezes do som que vinha a 10 quilômetros da casa de Zhanna Virna. Na mente, esta é a primeira lembrança do início da Guerra na Ucrânia. Mas no coração a paz já reinou. No dia 04 de junho, a pesquisadora completou 11 meses em Curitiba, como bolsista do Programa de Acolhida aos Cientistas Ucranianos, promovido pela Fundação Araucária. Antes a uma dezena de distância, hoje a 11.161 quilômetros de onde tudo começou, em Curitiba, Zhanna celebra o recomeço.

Leia Mais: https://www.fappr.pr.gov.br/Noticia/Depois-do-inicio-da-Guerra-Pesquisadora-ucraniana-celebra-recomeco-no-Brasil

 

06/16/2023 | After the beginning of the war: Ukrainian researcher celebrates fresh start in Brazil

It was 5 am when the sirens started to sound. Once, twice, three times from the sound that comes 10 miles from Zhanna Virna's house. In her mind, this is the first mark of the beginning of the War in Ukraine. But in her heart peace has already reigned. On June 4th, the researcher completed 11 months in Curitiba, as a scholarship holder of the Welcome Program for Ukrainian Scientists, promoted by the Araucaria Foundation. Before a dozen away, today 11,161 miles from where it all began, in Curitiba, Zhanna celebrates the new beginning.

Read More: https://www.fappr.pr.gov.br/Noticia/Depois-do-inicio-da-Guerra-Pesquisadora-ucraniana-celebra-recomeco-no-Brasil

 

24/08/2023 | O próprio lugar: Com nova vida no Paraná, Svitlana Gerasimenko pesquisa astroquímica em Universidade

Os olhos que viviam focados no céu e nas estrelas agora se encantam com o que está mais próximo. Desde que chegou em Medianeira - oeste do Paraná, em 19 de junho de 2022, Svitlana Gerasimenko observa com encanto tudo o que a rodeia. Vinda de Kiev, capital da Ucrânia, o novo lugar é diferente de tudo o que vivenciou na vida pessoal e acadêmica. Entre tantas novidades, uma ficou no coração desde o primeiro dia: o próprio lugar para trabalhar e pesquisar astroquímica.

Leia Mais: https://www.fappr.pr.gov.br/Noticia/Com-nova-vida-no-Parana-Svitlana-Gerasimenko-pesquisa-astroquimica-em-Universidade

 

08/24/2023 | Her own place: With a new life in Paraná, Svitlana Gerasimenko researches Astrochemistry at University

The eyes that used to focus on the sky and the stars are now enchanted by what is closer. Since arriving in Medianeira - western Paraná, on June 19, 2022, Svitlana Gerasimenko has been watching everything around her with delight. Coming from Kiev, the capital of Ukraine, the new place is different from everything she has experienced in her personal and academic life. Among so many novelties, one has stayed in her heart from day one: the very place to work and research astrochemistry.

Read More: https://www.fappr.pr.gov.br/Noticia/Com-nova-vida-no-Parana-Svitlana-Gerasimenko-pesquisa-astroquimica-em-Universidade

 

02/10/2023 | Longe de casa, ucraniana ressalta a importância de falar sobre a Guerra

No Paraná desde janeiro de 2023, Katherina Hodick leva um pedaço da Ucrânia por onde vai. A cada passo pela cidade e no campus da Universidade Estadual de Londrina (UEL), a pesquisadora olha para o futuro, sempre com a memória viva do que deixou para trás no além mar. Ao relembrar o que viveu antes de sair de Kiev e traçar planos no Brasil, ela carrega o lema: é preciso falar sobre a Guerra.

Leia Mais: https://www.fappr.pr.gov.br/Noticia/Longe-de-casa-ucraniana-ressalta-importancia-de-falar-sobre-Guerra

 

10/02/2023 | Far from home, Ukrainian scientist emphasizes the importance of talking about the war

In Paraná since January 2023, Katherina Hodick takes a piece of Ukraine with her wherever she goes. With every step she takes in the city and on the campus of the State University of Londrina (UEL), the researcher looks to the future, always with a vivid memory of what she left behind on the other side of the sea. As she recalls what she experienced before leaving Kiev and making plans in Brazil, she carries the motto: we need to talk about the war.

Read More: https://www.fappr.pr.gov.br/Noticia/Longe-de-casa-ucraniana-ressalta-importancia-de-falar-sobre-Guerra

 

11/10/2023 | Arqueólogo das Palavras: Pesquisador ucraniano mantém a memória viva da terra natal no Brasil

O caminho contrário. Yurii Kovbasko acorda todos os dias disposto a inverter o que a ofensiva russa faz na Ucrânia atualmente. Enquanto bombas e ataques tentam destruir a cultura e identidade do seu povo, o pesquisador trabalha para manter a memória ucraniana viva. Tudo com apenas uma arma: as palavras.

Leia Mais: https://www.fappr.pr.gov.br/Noticia/Arqueologo-das-Palavras-Pesquisador-ucraniano-mantem-memoria-viva-da-terra-natal-no-Brasil

 

10/11/2023 | Word Archaeologist: Ukrainian researcher keeps the memory of his homeland alive in Brazil

The opposite way.Yurii Kovbasko wakes up every day willing to reverse what the Russian offensive is doing in Ukraine today. While bombs and attacks try to destroy the culture and identity of his people, the researcher works to keep Ukrainian memory alive. All with just one weapon: words.

Read More: https://www.fappr.pr.gov.br/Noticia/Arqueologo-das-Palavras-Pesquisador-ucraniano-mantem-memoria-viva-da-terra-natal-no-Brasil

 

05/12/2023 | Ucraniana completa um ano no Paraná com pesquisa sobre funcionalismo público

Concentração, organização, foco e mãos ágeis ao manusear livros. Assim Svitlana Gazarian passa seus dias como pesquisadora na Universidade Federal da Integração Latino-Americana (Unila). Em Foz do Iguaçu há um ano, ela estuda a profissionalização do serviço público e se acostuma à nova rotina junto ao seu filho.

Leia Mais: https://www.fappr.pr.gov.br/Noticia/Ucraniana-completa-um-ano-no-Parana-com-pesquisa-sobre-funcionalismo-publico

 

12/05/2023 | Ukrainian completes one year in Paraná with research on public service

Concentration, organization, focus, and agile hands when handling books. This is how Svitlana Gazarian spends her days as a researcher at the Federal University of Latin American Integration (Unila). In Foz do Iguaçu for a year now, she explores the professionalization of public service while adjusting to her new routine alongside her son.

Read More: https://www.fappr.pr.gov.br/Noticia/Ucraniana-completa-um-ano-no-Parana-com-pesquisa-sobre-funcionalismo-publico