Araucária participa da comemoração dos 75 anos da Revista científica do Tecpar
28/10/2022 - 22:50

Para celebrar o marco de 75 anos do periódico Brazilian Archives of Biology and Technology (BABT), o Instituto de Tecnologia do Paraná (Tecpar) lançou, nesta sexta-feira (28), a edição impressa comemorativa da revista com artigos de pesquisadores paranaenses. A publicação contém 32 trabalhos escritos por 174 autores de 30 instituições paranaenses, de todas as regiões do Estado. O evento de lançamento da revista foi realizado no câmpus CIC do Tecpar, em Curitiba.

O periódico Brazilian Archives of Biology and Technology (BABT) iniciou suas atividades em 1946 e desde então divulga artigos originais de pesquisa e revisões, contribuindo para o avanço da ciência, tecnologia e inovação. Em 2021, a revista chegou à marca de 4.500 artigos publicados.

O diretor-presidente do Tecpar, Jorge Callado, agradeceu aos pesquisadores que publicam seus artigos científicos no BABT e a todos que fizeram parte do corpo editorial do periódico ao longo de sua trajetória, contribuindo para que ele se tornasse uma publicação científica de relevância nacional e internacional.

“Cada edição é formada por pesquisas de alto nível, criteriosamente selecionadas e avaliadas pelo corpo editorial, composto por renomados pesquisadores brasileiros e estrangeiros. Porém, nesta edição especial, procuramos destacar a produção científica do Paraná, valorizando o trabalho dos pesquisadores locais”, destacou Jorge Callado.

O editor-chefe do BABT e professor da Universidade Estadual de Ponta Grossa, Paulo Farago, destacou os avanços conquistados pela publicação e importância do trabalho realizado pela equipe técnica do Tecpar. Ele também agradeceu o apoio recebido nesta gestão, que possibilitou o crescimento da visibilidade do periódico, ampliando a representatividade do Tecpar e do Paraná junto à comunidade científica.

“Hoje é um dia de festa. São 75 anos do periódico BABT, que nasceu como arquivos e memórias e se ampliou, se tornando uma revista internacional, paranaense, que nos projeta para o mundo. Uma história que está se consolidando graças ao trabalho de uma equipe unida e dedicada”, afirmou.

INTEGRAÇÃO - João Mohr, gerente de Assuntos Estratégicos da Fiep, reforçou a importância das iniciativas em favor da inovação no Paraná, como a Nova Lei de Inovação, que possibilita ao pesquisador um acesso melhor à indústria. 

"O nosso papel é transformar o conhecimento das nossas universidades em pesquisa, tecnologia e inovação, e depois transformar em produto.E para isso é importante ter essa interação entre todas as academias com o setor produtivo e os institutos de ciência e tecnologia. Felizmente no Paraná isso esssa sinergia é forte."

O diretor superintendente do Sebrae-PR, Vitor Tioqueta, parabenizou os pesquisadores e destacou a longa parceria com o Tecpar para o desenvolvimento do setor produtivo.

 "Não adianta só levarmos a parte produtiva, buscando a inovação e tecnologia para as micro e pequenas empresas, se não tivermos a participação ativa dos pesquisadores, a parceria com as universidades. E também não adianta a parte conceitual se não tivermos o trabalho produtivo. É um trabalho conjunto", disse ele. 

Para André Telles, superintendente Geral de Inovação do Paraná, ter uma revista como a BABT completando 75 anos credencia o Paraná ao patamar em que está. “É um orgulho para o Paraná este avanço na produção científica. É muito importante ter esse recurso, esse capital tão importante que é o conhecimento, integrado com ações de mercado”. 

O superintendente de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior do Paraná, Aldo Bona, parabenizou a equipe da revista e ressaltou o quanto é primordial que a academia busque soluções práticas para os problemas enfrentados pela sociedade paranaense.

“Esperamos que as nossas publicações tenham um fator de impacto também na sociedade. Esse é nosso grande desafio. As nossas instituições serão tão mais conhecidas internacionalmente quanto mais forte ela forem regionalmente. Nossa produção científica precisa ter um poder transformador na realidade das pessoas”, enfatizou.

PESQUISADORES PARANAENSES – Dos 32 artigos publicados na edição comemorativa, 53% são conteúdos relacionados às áreas de Engenharia e Tecnologia e 47% das áreas de Biologia.

Os autores são de instituições e universidades paranaenses como o próprio Tecpar, a Universidade Federal do Paraná (UFPR), a Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR), a Fundação Parque Tecnológico Itaipu, a Universidade Estadual do Centro-Oeste (Unicentro) e a Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG), entre outras.

Para a produção dos artigos, eles também contaram com a colaboração de instituições internacionais, entre elas a Universidade de Coimbra (Portugal), a Universidade do Mississipi (EUA) e a National Research Council (Canadá).

O conteúdo completo da revista está disponível em formato eletrônico na biblioteca digital aberta Scientific Electronic Library Online (SciELO), e pode ser acessado no link www.scielo.br/j/babt.

INTERNACIONALIZAÇÃO – Os mais recentes dados mostram a inserção do BABT entre os periódicos científicos internacionais e o crescimento de publicações de autores estrangeiros. A credibilidade do BABT na comunidade científica internacional também se deve aos avanços no Fator de Impacto, importante indicador de qualidade de uma publicação científica. De acordo com as últimas medições oficiais da Clarivate Analytics, o Fator de Impacto do BABT passou de 0,798 (2019-2020) para 1,18 (2020-2021).

Esse aumento demonstra que a qualidade dos artigos publicados no BABT tem crescido a cada ano, fazendo com que sejam cada vez mais citados. Um dos fatores que contribuíram para este resultado é análise e seleção criteriosa dos artigos publicados, feita pela equipe editorial. Esse avanço se deve ao amplo conhecimento dos editores-chefes e equipe editorial.

HISTÓRIA – Em 1946, o professor doutor Marcos Augusto Enrietti, fundador do Tecpar, idealizou a criação de uma publicação para divulgar os avanços científicos e tecnológicos realizados pelo grupo de pesquisadores do Instituto de Pesquisas Tecnológicas e Biologia. A iniciativa deu origem à revista “Arquivos de Biologia e Tecnologia”.

Em 1999, a “Arquivos de Biologia e Tecnologia” passou a se chamar Brazilian Archives of Biology and Technology (BABT), iniciando a publicação de trabalhos em língua inglesa. Desde 2001, a revista está disponível em formato eletrônico na Scientific Electronic Library Online (SciELO), biblioteca digital de artigos científicos com acesso aberto.

Hoje, ao completar 75 anos de publicações, o BABT consolida sua presença entre os mais estruturados periódicos nacionais na disseminação dos resultados das pesquisas e dos avanços científicos e tecnológicos gerados pela comunidade científica.

PRESENÇAS – Participaram do evento o Superintendente geral de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Aldo Bona; o Superintendente Geral de Inovação, André Telles; o diretor-geral da CGE, Luiz Fernando Neto de Castro; a Pró-Reitora de Pesquisa e Pós-Graduação da UTFPR, Claudia Xavier; o superintendente geral de Relações Institucionais da Casa Civil, Fabiano Lazarino Antunes; o gerente de Desenvolvimento de Negócios do IBMP, Lucas Rosseti; a coordenadora de Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação da Fiep, Ariane Hinça Schneider; o gerente de Projetos da Fundação Araucária, Nilceu Deitos; e o membro do Conselho de Administração do Tecpar, Eduardo Christiano Lobo Aichinger; além da equipe técnica do Instituto.

 

Fonte: Assessoria de Comunicação do Tecpar.