Araucária lança processo de inexigibilidade referente ao NAPI TAXONLINE
09/05/2020 - 15:40

A Araucária lançou nesta sexta-feira (08), o processo de inexigibilidade referente ao NAPI TAXONLINE. Este NAPI tem como objetivo implementar a Rede Paranaense de Coleções Biológicas, atualizando o diagnóstico das coleções da Rede e ampliando a informatização dos acervos.

Além disso, pretende fornecer material permanente e de consumo às novas coleções e àquelas que ainda não puderam ser contempladas, para a modernização e adequação da infraestrutura de maneira a garantir o incremento e a perpetuação das coleções biológicas no Estado, integrando aos sistemas de informação já existentes.

Desta forma, o NAPI TAXONLINE promoverá o incremento da estrutura física e a segurança das coleções, de maneira adequada e moderna, com otimização do vasto espaço necessário para seu acondicionamento. Visa também a certificação do material científico depositado nas coleções e a organização da oferta de cursos de extensão em módulos, para a formação de capacidade técnica em gerenciamento de coleções biológicas.

O recurso disponível neste NAPI é de R$ 2.035.200,00 que serão financiados pela Fundação Araucária. Esse valor será repassado em 36 meses e aplicado de acordo com o Plano Geral do NAPI TAXONLINE, aprovado na forma do Parecer Técnico da Diretoria de Ciência, Tecnologia e Inovação da Fundação Araucária que contempla as instituições integrantes da Rede Paranaense de Coleções Biológicas. São elas: UFPR, UEL, UEM, UEPG, UTFPR, PUC, Embrapa Soja, Embrapa Floresta, Unila, Iapar, Unicentro, Unioeste e Prefeitura de Curitiba. As instituições deverão submeter eletronicamente o plano de trabalho a ser aplicado, no sistema Sparkx, até o dia 20/05. A partir do dia 29/05 serão divulgados os resultados.

 

Para mais informações: www.fappr.pr.gov.br – Link: Programas (CPS e PIs) – Programas Abertos.

GALERIA DE IMAGENS