Projeto de iniciação científica e tecnológica para crianças recebe mais R$ 375 mil em investimentos
08/07/2021 - 21:41

Em comemoração ao dia Nacional da Ciência e do Pesquisador, foi lançada nesta quinta-feira (08) a segunda fase do Programa Wash no Paraná. Fruto de uma parceria entre a Fundação Araucária, a deputada federal Luísa Canziani, o Instituto Federal do Paraná (IFPR) e a Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR), esta fase vai atender crianças e adolescentes de 12 municípios e terá o investimento de R$ 375 mil, sendo R$ 250 mil destinados por meio de emenda parlamentar e R$ 125 mil da Araucária. 

O presidente da Fundação Araucária, Ramiro Wahrhaftig, enfatizou que o programa é mais uma possibilidade de colocar o Sistema de Ensino Superior Público a serviço da sociedade. “É uma de nossas prioridades apoiar projetos como este, extensionistas e inovadores, que atendem a importantes demandas regionais”, afirmou. 

O programa já tem ações na biblioteca da cidade de Prado Ferreira e na Escola Maestro Roberto Pereira Panico, em Londrina, para alunos do quarto e quinto anos do ensino fundamental. O WASH oferece oficinas de linguagem de programação, audiovisual, robótica para o ensino básico e propõe a iniciação científica para os educandos dos ensinos médio e da graduação. 

Estimula a disseminação e a popularização da ciência em larga escala, ao realizar oficinas no turno e contraturno escolar; estabelece a ponte entre os centros de excelência, representados pelos Institutos Federais de Educação, Ciência e Tecnologia, as universidades, as unidades de pesquisa, as organizações sociais e as escolas públicas, integrando as redes de educação no território.

“Estamos investindo na futura geração dos nossos municípios e, consequentemente, de uma perspectiva de futuro melhor para nossas crianças e jovens. O que o Wash faz é uma grande transformação na vida de muitas crianças e jovens, pois sabemos que é preciso mais investimento na formação básica para que eles estejam alinhados às profissões que nem são mais do futuro são do presente”, ressaltou a deputada federal Luísa Canziani.

Expansão – O convênio visa fomentar o programa Wash de disseminação do método científico implementado no município de Londrina e sua Região Metropolitana, bem como nos municípios integrantes do CODINORP (Consórcio de Desenvolvimento e Inovação do Norte do Paraná).

Está em fase de implantação nos municípios de Bela Vista do Paraíso, Cafeara, Centenário do Sul, Florestópolis, Guaraci, Jaguapitã, Lupionópolis, Miraselva, Porecatu, Cambé, Doutor Camargo e Santo Inácio.

 “O projeto nasceu com a ideia de disseminar a ciência e formar pesquisadores. Começou em uma escola e já estamos em 12 municípios com a expectativa de expandir ainda mais para alavancar a ciência, tecnologia e inovação em todo o Paraná”, enfatizou o coordenador estadual do Wash Luciano Rudnik. 

O objetivo do projeto Wash é propiciar oportunidades de vivência às crianças e adolescentes, da rede pública de ensino, tendo o método científico como valor principal, o uso das metodologias ativas e “Science, Technology, Engineering, Arts and Mathematics” (STEAM), incentivando a inovação e criatividade no processo ensino-aprendizagem.

O secretário municipal de Governo de Londrina, Alex Canziani, ressaltou que grande parte dos cerca de 14% de desempregados no Brasil são jovens, enquanto que sobram vagas ligadas à área de tecnologia por falta de profissionais capacitados. “Este programa possibilita criar oportunidades em uma área tão importante como é a de tecnologia para crianças, incentivando o gosto pela ciência já na infância”, afirmou o secretário. 

“O projeto avançou muito rapidamente de uma escola para 12 municípios graças à participação ativa dos diretores das escolas e prefeituras envolvidas, além do suporte dado pela Fundação Araucária e pelos idealizadores do programa”, disse o professor do IFPR Marcelo Poleti. 

Paulo Camargo Filho, professor da UTFPR, destacou que trata-se de uma grande rede já consolidada e em expansão. “Este projeto é importantíssimo para a divulgação e valorização da ciência. Precisamos formar esta nova geração de crianças interessadas em ciência e tecnologia”, comentou. 

Início – As primeiras ações do Programa Wash no Paraná, fomentadas com recursos de emenda parlamentar, iniciaram em 2020. Na primeira fase foram investidos R$ 700 mil, sendo R$ 350 mil da Fundação Araucária e R$ 350 mil destinados por emenda parlamentar da deputada federal Luísa Canziani. 

Participaram da cerimônia de lançamento a prefeita da cidade de Prado Ferreira, Maria Edna de Andrade, o prefeito de Florestópolis Onicio de Souza, representantes das Secretarias de Educação de Cafeara, Centenário do Sul, Cambé, Prado Ferreira e Miraselva.

Últimas Notícias