Fundação Araucária

21/10/2019

Professora da Unioeste recebe prêmio internacional

Após as atividades do Workshop Reino Unido – Brasil e a criação da Rede  Internacional de Pesquisa em Desenvolvimento  Resiliente ao Clima, a professora Dra. Irene Carniatto, que foi uma das desenvolvedoras do programa e também coordena o CEPED - Centro de Ensino, Pesquisa e Extensão em Proteção e Desastres da Unioeste (Universidade Estadual do Oeste do Paraná), recebeu um prêmio internacional intitulado ‘Líderes para el Desarrollo: Gobernador Enrique Tomás Cresto’.O Workshop foi financiado com recursos também da Fundação Araucária.

Esse prêmio foi instituído há 18 anos e faz parte do Programa de Apoio a Iniciativas de Governo Local e é concedido conjuntamente pela Federação Argentina de Municípios (FAM), Federação Latino-Americana de Cidades, Municípios e Associações de Governos Locais (Flacma), Associação Shalom e o Senado da Nação.

Assim, são premiadas as pessoas que de alguma forma se tornam referência na sustentabilidade, e a professora Irene foi uma dessas pessoas. “Queremos financiar projetos de investigação, de pesquisa, extensão, e resolver os problemas que encontramos em nossos municípios. Esse prêmio é dedicado a toda a nossa equipe, engaja e encoraja nós pesquisadores, ao mesmo abre novas oportunidades para lutarmos pela qualidade de vida em nosso território”, conta a professora.

“Durante a cerimônia, tinham premiados de todas as idades, de diversos países. E ver isso, é muito legal, pois eles destacaram a relevância de cada um em suas comunidades naquilo que representa. Gratificante saber que após quatro etapas de ‘avaliação’, definiram que merecemos esse prêmio pelo trabalho que fazemos. Mas o prêmio não é só meu, não faço esse trabalho sozinha, esse prêmio é de toda a equipe da Unioeste, do CEPED, o 4º batalhão de bombeiros, a AMOP (Associação dos Municípios do Oeste do Paraná), a Itaipu, que nos apoia desde 2004, os núcleos de ensino, secretarias municipais, vigilância sanitária, defesa civil, os diferentes municípios, a prefeitura de Foz do Iguaçu, que por causa desse evento nos permitiu chegar até aqui, todas empresas que nos deram suporte, a Fundação Araucária e a Newton Fund, e isso mostra o papel da Unioeste e quanto estamos ficando respeitados e o quanto estamos nos destacando mundialmente na formação de sustentabilidade e educação ambiental”, reitera Irene.

A cerimônia foi no Palácio do Congresso Nacional da República Argentina, no dia 03 desse mês, às 14 horas. Irene é graduada em Ciências habilitação em Matemática pela Unioeste (1981) e mestre em Educação em Ciências pela Universidade Metodista de Piracicaba (1999). É Doutora em Ciências Florestais, Conservação e Planejamento Integrado de Bacias e de Recursos Hídricos pela UFPR. Pesquisadora e docente da Unioeste desde 1993. Atua na área de Ecologia, com ênfase em Ecologia Aplicada, principalmente nos seguintes temas: Educação Ambiental; gestão ambiental; desastres naturais; Cidades Sustentáveis e Escolas Sustentáveis; conservação e preservação de Recursos Hídricos; Gestão de Bacia Hidrográfica; educação em Ciências; formação de professores; ensino de Biologia; Ciência, Tecnologia, Sociedade e Ambiente - CTSA.

 

Texto: Amanda Alves

 Foto: Andréa Pasquetti

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.