Fundação Araucária

09/08/2019

Fundação Araucária assina acordo técnico-científico com o Biopark

O Biopark - Parque Científico e Tecnológico de Biociências de Toledo, no Oeste do Estado, vai ganhar um Complexo Hospitalar e de Saúde. O governador Carlos Massa Ratinho Junior participou nesta sexta-feira (9) do anúncio do empreendimento, que pertence ao grupo Sempre Vida e vai unir o atendimento na saúde ao desenvolvimento de pesquisas e inovação.

Na solenidade, também foi firmado um acordo técnico-científico da Fundação Araucária com o Biopark, que prevê a abertura de editais para a instalação de projetos científicos no espaço. O presidente Ramiro Wahrhafitg e o diretor administrativo e financeiro Gerson Koch da Fundação Araucária estiveram presentes no evento.

O novo complexo, que começa a ser construído em 2020 e a atender em 2023, consolida o município como um grande polo da saúde e da inovação, ressaltou o governador. “Toda obra, em especial da área da saúde, é bem-vinda. O Governo tem que ser colaborador e parceiro. Ter mais um investimento hospitalar que vai atender toda a região é sempre muito importante”, disse.

Ele acrescentou que a Secretaria da Saúde busca descentralizar o atendimento, seja com hospitais públicos, filantrópicos ou privados como este. Com isso, as pessoas deixam de viajar muitos quilômetros para se tratar.

“O Biopark é um dos projetos mais inovadores e ambiciosos do País. Conforme os empreendimentos fiquem prontos, mais investimentos de outros setores de tecnologia e inovação serão agregados, também qualificando muito a mão de obra”, ressaltou Ratinho Junior.

COMPLEXO — O Complexo Hospitalar e de Saúde Sempre Vida será de alta complexidade e contará com diversas especialidades médicas, além de servir de centro de formação para profissionais de saúde e campo de fomento de pesquisa avançada.

De acordo com Luiz Donaduzzi, idealizador do Biopark, o complexo hospitalar vai se integrar com as instituições instaladas no local para desenvolver uma série de pesquisas na área da saúde. “Queremos manter nossos cérebros aqui na região, qualificando profissionais que trabalhem com a saúde 4.0 e para atender demandas crescentes da área, com pesquisas sobre doenças sociais, como obesidade e diabetes, por exemplo”, disse.

Serão 164 leitos, incluindo UTI adulto e neopediatria, cuidados paliativos, atendimento a queimados e ainda oito salas de cirurgias, um centro de diagnóstico por imagem completo e de tecnologia avançada, além de laboratório e consultórios médicos. Contará também com amplo centro de promoção de qualidade de vida e prevenção de doenças. Cerca de 400 colaboradores atuarão no local já no primeiro ano de funcionamento.

“A nossa expectativa é poder contar com apoio do Governo do Estado para as necessidades de implantação do hospital, que traz muitas exigências regulatórias”, afirmou a diretora do grupo Sempre Vida, Ana Carolina Seyboth. “Teremos um relacionamento estreito com o poder público, contribuindo inclusive com a formação e residência de novos profissionais da saúde”, disse.

O BIOPARK - O Biopark de Toledo é o primeiro Parque Tecnológico privado do Brasil para o desenvolvimento científico e tecnológico das biociências no modelo on demand side – desenvolvendo projetos de acordo com a demanda da sociedade.

Construído com apoio do Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE), o Biopark fica em uma área de 5 milhões de metros quadrados e conta, em um mesmo espaço, com cinco instituições de ensino superior.

Estão instaladas no complexo a Universidade Federal do Paraná (UFPR), a Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR), o Instituto Federal de Educação, a Universidade de Laval, de Quebec (Canadá), e a Uniprati, universidade corporativa da empresa Prati Donaduzzi que tem parceria com a Unioeste.

O Biopark tem o objetivo de promover um ecossistema de inovação que integra o potencial científico das instituições de ensino e pesquisa com as demandas empresariais, principalmente de empresas ligadas a tecnologia, saúde e sustentabilidade.

PRESENÇAS — Participaram da solenidade o chefe da Casa Civil, Guto Silva; os secretários de Estado do Desenvolvimento Urbano, João Carlos Ortega; e do Planejamento e Projetos Estruturantes, Valdemar Bernardo Jorge; o presidente da Paraná Desenvolvimento, Eduardo Bekin; os deputados estaduais Paulo Litro, Nelson Luersen e Marcel Micheletto; e os prefeitos de Toledo, Lúcio de Marchi; e de Marechal Cândido Rondon, Marcio Rauber.

 

Fonte: Agência Estadual de Notícias.

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.