Fundação Araucária

11/05/2018

Núcleos do PEIEX – PR realizam reuniões de apresentações de resultados

Durante o mês de maio, os cinco núcleos do PEIEX – PR realizarão os chamados Comitês Consultivos, com o objetivo de apresentar os resultados alcançados pelas instituições. Curitiba realizou a reunião no último dia 10, contando com a participação da Apex – Brasil e parceiros do Observatório da Fiep, Banco do Brasil, Tecpar, Correios, SEPL – PR. No último dia 08 foi a vez do núcleo de Londrina que também expôs resultados e avanços no atendimento das micro, pequenas e médias empresas.Nos próximos dias 14, 16 e 21 serão realizados os Comitês Consultivos dos núcleos de Cascavel, Ponta Grossa e de Maringá respectivamente.

PEIEX

O Programa de Qualificação para Exportação (PEIEX) é um projeto da Apex-Brasil que prepara as empresas para o comércio internacional por meio de diagnóstico e acompanhamento, oficinas de capacitação em exportação, e implantação de soluções gerenciais.

Esta iniciativa inclui atendimento personalizado e prepara as empresas para participarem das ações de promoção comercial da Apex-Brasil e para atuar no comércio internacional. Desde sua criação, em 2009, já foram atendidas cerca de 16 mil empresas no Brasil.

Os técnicos que prestam atendimento às empresas são especialistas com formação superior e pós-graduados que assessoram nas fases de diagnóstico, implementação de melhorias e avaliação. A elaboração de cada diagnóstico leva de dois a três meses por empresa, e estas continuam tendo acompanhamento durante a implantação das melhorias, que podem variar desde soluções gerenciais internas a ações externas relativas ao acesso a novos mercados e adequação de produto.

A Apex-Brasil tem, hoje, núcleos do PEIEX localizados em Alagoas, Amazonas, Bahia, Ceará, Espírito Santo, Goiás, Minas Gerais, Pará, Paraná, Paraíba, Pernambuco, Rio Grande do Sul, Rio Grande do Norte, Rio de Janeiro, Santa Catarina e São Paulo.

Paraná

No Paraná existem cinco núcleos do PEIEX localizados nas cidades de Ponta Grossa, Cascavel, Londrina, Maringá e Curitiba. Com isso, desde suas implantações até 2017, foram registrados os seguintes números de atendimentos: 483 por Cascavel que possui 41 exportadoras, 896 por Curitiba que possui 238 exportadoras, 1431 por Londrina que possui 157 exportadoras, 984 por Maringá que possui 90 exportadoras. Lembrando que os núcleos não foram implantados ao mesmo tempo, alguns em 2009, e outros em 2012, 2013 e 2016, por esse motivo a diferença no número de atendimentos.

Os principais destinos das exportações são variados, porém com grande predominância da América Latina (Paraguai, Peru, Colômbia e Bolívia), também há exportação para os EUA, Japão, Alemanha, Holanda, Canadá, Austrália, Portugal, dentre outros. Em 2017, os cinco núcleos realizaram diversas oficinas de capacitação, reuniões com parceiros, rodadas de negócios e ações de exportação.

 

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.