Fundação Araucária - Destaque

10/10/2017

Programa Tecnova - PR promove a inovação voltada para benefícios à sociedade

A primeira edição do Programa Tecnova – PR encerra suas atividades no próximo dia 18, dia no qual será realizada uma exposição dos produtos elaborados pelas 60 empresas que receberam recursos do programa.  O evento será realizado no Campus da Indústria - FIEP, a partir das 8h30. Neste dia, autoridades paranaenses – como o Governador Beto Richa - parceiros envolvidos, empresários e os Ministros da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações e da Saúde, Gilberto Kassab e Ricardo Barros respectivamente, participarão da solenidade de abertura. Em seguida, as pessoas poderão conhecer os produtos de algumas empresas que participaram do programa.

 

Na solenidade de abertura, dois empresários apresentarão cases de sucesso: a F123 Consulting, que desenvolveu um software de gestão de relacionamento com clientes para operadores com deficiência visual e a Tecverde Engenharia que elaborou um sistema construtivo Wood Frame (contra incêndios) para residências familiares de até cinco pavimentos.

 

O Tecnova – PR contou com o recurso total de R$ 22,5 milhões, sendo R$ 15 milhões providos pela FINEP (Financiadora de Estudos e Projetos) e R$ 7,5 milhões pelo Governo do Estado do Paraná por meio da Unidade Gestora do Fundo Paraná (UGF) vinculada à Secretaria da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (SETI). 

 

O programa constitui uma oportunidade de identificar novas ideias e estimular novos talentos (muitas vezes anônimos) presentes no âmbito das micro e pequenas empresas de base tecnológica. O Paraná foi o Estado que mais recebeu submissões de projetos quando o edital foi aberto – mais de 200 - fato que demonstra o perfil e a capacidade inovadora regional. Das 60 empresas que finalizaram seus projetos, 18 já possuem patentes.

 

Nos últimos 20 anos, a ciência e a inovação cresceram rapidamente. O Brasil construiu uma forte comunidade científica e uma base empresarial dinâmica. Expandiu e fortaleceu a pós-graduação, criou uma base de infraestrutura, gerou conhecimento de relevo internacional, desconcentrou suas atividades. Com isso, para o Governo do Estado ,tornou-se fundamental apoiar programas como o Tecnova, pois promovem a implantação e evolução da inovação do estado do Paraná.

 

O Tecnova, tem como objetivo primordial, o da aproximação do governo e da academia junto ao setor produtivo, fazendo com que o negócio paranaense seja alavancado e a competitividade  estimulada. Todas estas iniciativas geram reflexos positivos na economia estadual e na sociedade paranaense, ampliando a presença e projetando o Estado no contexto nacional e internacional.

 

Esta ação teve como público-alvo as micro e pequenas empresas, caracterizadas como de base tecnológica, tendo um faturamento de até R$ 3,6 milhões em 2012 e com pelo menos seis meses de existência, antes do lançamento da Chamada Pública realizado em outubro de 2013. O valor destinado à subvenção econômica dos projetos variou de R$ 180 a R$ 600 mil reais. Cada empresa pôde submeter um projeto de inovação tecnológica relacionado a um dos temas prioritários previamente definidos pela FINEP e pelas diretrizes do Conselho de Ciência e Tecnologia do Paraná (CCT), mediante a contrapartida mínima financeira das empresas variando entre 5% e 10% do valor do projeto. 


Mais informações sobre a programação do evento e o link para inscrição acesse o site: http://tecnovapr.com.br/

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.