Fundação Araucária

09/03/2017

Professora Graciela Bolzón De Muniz assume o cargo de Vice-Reitora da UFPR

Numa solenidade marcada pela reafirmação do compromisso com a ética, a transparência e o trabalho coletivo em prol da excelência na universidade, a professora Graciela Bolzón de Muniz tomou posse no último dia 08 de março, como vice-reitora da Universidade Federal do Paraná. Professora da instituição há 23 anos, ela é considerada referência como pesquisadora na área de engenharia florestal e reconhecida por seu trabalho de atração de recursos para a pesquisa na UFPR. A solenidade também contou com a presença do presidente da Fundação Araucária, Paulo Brofman.

“É um privilégio ter a professora Graciela nos quadros da UFPR como pesquisadora e, agora, como vice-reitora. É um reconhecimento à sua trajetória bela, ilibada e incontestável, construída tijolo por tijolo, de forma tenaz”, disse o reitor Ricardo Marcelo Fonseca em seu discurso, no Teatro da Reitoria da UFPR.

A vice-reitora foi aplaudida em pé pelos presentes em vários momentos da solenidade. Em seu discurso, ela lembrou a trajetória acadêmica desde o colégio, na Argentina, onde nasceu, até o ingresso na UFPR como professora titular, em 1994, posição em que já publicou mais de uma centena de trabalhos em revistas de impacto e livros. “A UFPR não entrou na minha vida por acaso. Foi acima de tudo o resultado da minha escolha. Ao assumir o cargo de pró-reitora, me sinto feliz e plenamente ciente do tamanho da responsabilidade”, afirmou.

A professora Graciela lembrou sua passagem pela Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação, como coordenadora de pesquisa, entre 2008 e 2016. “Nessa função, em parceria com os pesquisadores, conseguimos, por meio de editais, mais de R$ 70 milhões para fornecer estrutura aos projetos, sempre com transparência e muita correção”, destacou.

Ela ressaltou a importância da criação de parcerias para que a UFPR se consolide como universidade de classe mundial, e defendeu uma extensão socialmente referenciada, a valorização dos servidores técnico-administrativos e docentes e o respeito à diversidade. “A pluralidade de visões não constitui  um problema; pelo contrário, é parte da solução”, disse.

Mulheres

O reitor Ricardo Marcelo Fonseca disse que a posse da professora Graciela no Dia Internacional da Mulher representa uma homenagem e a reafirmação da necessidade de “proscrever da nossa sociedade e da universidade toda forma de violência de gênero”.

Ele destacou que a UFPR, como toda instituição pública ou privada, tem problemas. “Mas, sem diminuí-los, devemos colocar os problemas na sua devida proporção. Somos integrantes de uma instituição grande, um lugar de formação, de cidadania e também de defesa de direitos, alguns facilmente esquecidos no nosso tempo – como o direito à igualdade, às liberdades e garantias individuais inseridas a duras penas na nossa Carta Constitucional”, afirmou o reitor.

O professor Rogério Andrade Mulinari, que ocupou o cargo de vice-reitor nos últimos oito anos, também destacou o papel das mulheres na UFPR, e particularmente o da professora Graciela: “A professora Graciela tem desenvolvido uma gama de projetos e de articulações com o setor produtivo e com agências financiadoras, agregando talentos para constituir grupos de pesquisa mais sólidos e capazes de conquistar apoios e recursos”.

Também participaram da solenidade de posse o ex-reitor da UFPR Zaki Akel Sobrinho; o reitor da PUCPR, Waldemiro Gremski; o cônsul da Argentina em Curitiba, Pedro Ezequiel Marotta; professores, estudantes e servidores técnico-administrativos da UFPR.

Perfil

Graciela Inês Bolzón de Muniz é graduada em Engenharia Florestal pela Universidade Nacional de Santiago del Estero (1977), mestra em Engenharia Florestal pela UFPR (1986), doutora em Engenharia Florestal também pela UFPR (1993) e pós-doutora em Educação à distancia pela UNED-Espanha (2002).

É coordenadora e pesquisadora de projetos nacionais e internacionais, professora visitante do Programa de Pós-Graduação em Argentina-UNSE, professora titular da UFPR  e coordenadora do Programa de Bioenergia e coordenadora do LabNano-Sisano da UFPR.

Graciela publicou mais de 100 artigos científicos em periódicos indexados. É editora associada, integrante do conselho científico de várias revistas nacionais e internacionais e participante de vários comitês assessores de CAPES, FINEP , CONEAU, entre outros.

Fonte: Assessoria de Comunicação da Universidade Federal do Paraná.

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.