Governo do Paraná comemora dez anos da Fundação Araucária
22/11/2010 - 17:10

O Governo do Paraná encerrou na noite dessa sexta-feira (19) as comemorações dos dez anos da Fundação Araucária de Apoio ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico do Paraná. A solenidade foi realizada no Centro Integrado dos Empresários e Trabalhadores das Indústrias do Paraná (Cietep), em Curitiba. Durante todo o dia, uma série de atividades marcou o IV Encontro de Ciência e Tecnologia do Paraná.

Para o secretário da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Nildo Lübke, o evento serviu para lembrar a verdadeira significação do conhecimento. “Ao enaltecer a ciência e a tecnologia, como fizemos durante todo o dia, devemos lembrar que o conhecimento deve estar a serviço do homem e da sua grandeza. O conhecimento deve servir para encontrarmos soluções à marginalidade, à pobreza, às desigualdades. A sociedade do conhecimento é apenas o elemento anterior à sociedade da solidariedade, onde todos podem participar e viver felizes”, falou.

Lübke ainda salientou que a detenção do conhecimento não deve ser permeada por vaidades, e homenageou a professora Glaci Zancan, que foi uma das pesquisadoras mais expressivas do Estado.

O ministro interino da Ciência e Tecnologia, Luiz Antonio Elias, disse que a Fundação Araucária tem sido uma grande parceira na consolidação da pesquisa nacional e ainda ressaltou a importância da Lei da Inovação. “Faço aqui o apelo para que seja aprovada no Paraná a Lei da Inovação, que é um elemento para consolidação do conhecimento e que dará oportunidades para que o Estado cresça muito mais”, lembrou.

Mario Neto Borges - Confap
Mario Neto Borges - Presidente do Confap


O presidente do Conselho Nacional das Fundações de Amparo à Pesquisa (Confap), Mário Neto Borges, afirmou que é necessário reforçar a importância da tecnologia a toda a sociedade, para além do meio acadêmico. “A ciência e a tecnologia são fundamentais para o desenvolvimento de qualquer país, são um dos grandes valores da sociedade desenvolvida”, disse.

O presidente da Federação das Indústrias do Paraná (Fiep), Rodrigo da Rocha Loures, também defendeu a Lei da Inovação. “Parabenizo a todos que fazem parte da Fundação Araucária e, em especial, ao secretário Nildo Lübke, que conseguiu chegar a uma proposta para a Lei de Inovação do Paraná. Reconhecemos seu empenho no sentido de dotar o Paraná de instrumentos que promovam a inovação local e sustentável”, afirmou.

Anfitrião do evento, o presidente da Fundação Araucária, professor Zeferino Perin, salientou que a instituição se consolida como importante instrumento de governança no sistema de ciência, tecnologia e inovação do Paraná. “Ao longo desses dez anos, a Fundação Araucária contribuiu para o fortalecimento do Estado e conquistou respeito e credibilidade junto à sociedade. Hoje, ela é um importante componente do patrimônio institucional do Estado”, argumentou.

HOMENAGENS – Durante a solenidade, foram lançados carimbo e selo comemorativos dos dez anos da instituição. Segundo o diretor dos Correios no Paraná, Itamar Ribeiro, o selo continua sendo uma peça para divulgação no Brasil e no exterior. “Para os Correios, é muito importante registrar os dez anos da Fundação Araucária, divulgando a pesquisa e o conhecimento do Paraná”, afirmou.

Também foi lançado o livro comemorativo “Fundação Araucária, 10 Anos – História e Visão Estratégica”, e realizadas homenagens aos funcionários e à diretoria da instituição, bem como a ex-diretores e ex-presidentes, além de pesquisadores que obtiveram destaque de acordo com critérios do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPQ).


Fonte: Agência Estadual de Notícias

Últimas Notícias