Fórum Nacional reúne 27 secretários de Estado da Ciência em Curitiba
03/04/2009 - 11:00

O Fórum Nacional Consecti (Conselho Nacional de Secretários Estaduais para Assuntos de Ciência, Tecnologia e Inovação) e Confap (Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa), iniciado nesta quinta-feira (02), em Curitiba, promete trazer importantes discussões acerca da ciência, tecnologia e inovação no Brasil. Com a presença de 27 secretários de Estado da área e de 23 presidentes das fundações de amparo à pesquisa no país, o evento termina nesta sexta-feira (03).

De acordo com a secretária de Estado da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior do Paraná, Lygia Lumina Pupatto, esse é um momento muito importante para se discutir o desenvolvimento da ciência e da tecnologia no País. “Nosso desejo é que possamos avançar nos projetos e diretrizes aos estados no âmbito da ciência e da tecnologia e também contribuir com o desenvolvimento científico e social do país, diminuindo as desigualdades existentes”, afirmou.

Lygia lembrou que o Paraná é o segundo estado que mais investe em ciência e tecnologia no país, ficando atrás apenas do estado de São Paulo. Mais de 4 mil projetos já foram financiado e apoiados pela Secretaria de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior do Paraná (Seti), entre os quais destacam-se pesquisas com células-tronco, com o biodiesel e para o desenvolvimento do catéter brasileiro.

O secretário executivo do Ministério de Ciência e Tecnologia, Luiz Antônio Rodrigues Elias, que representou o ministro Sergio Rezende, concorda com a secretária. “O Paraná tem um conjunto de entidades extremamente importantes, não só em nível local, mas também em nível nacional, no tocante e incorporação do conhecimento”, disse.

Elias ressaltou a importância do Fórum Nacional Consecti e Confap, dizendo que “esse é um evento muito relevante, pois reúne secretários de Ciência e Tecnologia, presidentes de Fundações de Amparo à Pesquisa e conta com a articulação do governo federal. O governo ampliou consideravelmente o nível de recursos e também a qualidade dos projetos para a área. Esse fórum é estratégico para definição de plano de investimentos para próximos anos para o país”.

Para o presidente do Consecti, Alexandre Aguiar Cardoso, o fórum contribui com a homogeneidade brasileira na área. “Não podemos deixar que a tecnologia aprofunde as diferenças. A tecnologia foi criada e pensada para justamente diminuir diferenças. Nesse fórum, ouvimos tanto a posição do secretário do Norte do país, como do Sul. Ele é o consenso da tecnologia. É uma experiência excepcional, que deveria ser repetida em outras áreas”, concluiu.

O presidente do Confap, Mário Neto Borges, também fez questão de destacar a importância do evento para fortalecimento dos conselhos. “Tanto o Consecti quanto o Confap são conselhos novos, com três e quatro anos, por isso o Fórum é importante para consolidação desses conselhos. Além disso, num momento em que o país está passando por uma crise econômica muito forte, precisamos mostrar para a sociedade que a saída é através da ciência, da tecnologia e da inovação, como sendo os elementos capazes de criar o desenvolvimento sustentável”, disse.

O Fórum Nacional Consecti e Confap está sendo realizado no Hotel Deville Rayon e conta ainda com as presenças do presidente da Fundação Araucária José Tarcísio Pires Trindade, do presidente do Fórum Municipal de Ciência, Tecnologia e Inovação, Sílvio Ramos e do secretário de Desenvolvimento de São Paulo, Geraldo Alckmin.

divisória

Fonte: Assessoria de Imprensa

Últimas Notícias